FOTO_COMEC%25CC%25A7A_AGORA_E_PAGA_QUAND

Estratégias Alimentares para Aumento de Massa Muscular

Quando falamos em aumentar a massa muscular pensamos sempre em treinar muito, muitas horas e grandes cargas e, não focamos noutro fator importante - alimentação.

Ganhar massa muscular é uma das metas mais comuns, mas realmente conseguir, muitas vezes, é um desafio. É preciso delinear metas: a curto, a médio e a longo prazo e unir os tês fatores importantes: a alimentação, o treino e o descanso, para que o objetivo auto-proposto não seja comprometido.

Comecemos então, por adquirir bons hábitos alimentares:

-Ingestão de calorias: uma das grandes dificuldades é precisamente cumprir um plano com aporte calórico adequado.

-É importante criar o hábito de comer mais e com melhor qualidade, ou seja, ingerir alimentos com qualidade nutricional.

-Hidratos de carbono (como arroz, massa, batata, batata-doce) são alimentos limpos e de qualidade e jamais devem ser cortados quando se quer aumentar massa muscular.

-Proteína (como carne, peixe, ovos) em quantidade adequada para o peso corporal e qualidade (quanto mais livres de gorduras melhor).

-Vitaminas e minerais provenientes de frutas e legumes devem sempre existir no nosso plano alimentar diário.

-Procurar sempre boas fontes de lípidos, pois são fundamentais para a saúde do corpo. As oleoginosas como nozes, amêndoas, avelãs, cajús, amendoim, castanha do Brasil são excelentes fontes deste macronutriente.

-Hidratação: 75% do peso muscular é água logo hidratar bem também é importante para o aumento da massa muscular


Fazer uma reeducação alimentar não significa que “está de dieta”. É um plano sem prazo para acabar, onde, em alguns momentos, se pode fazer o dia do lixo para que haja balanço calórico e não seja um “sofrimento”.

Mais do que estética, é qualidade de vida, é querer ter mais saúde! Manter-se saudável deve ser para sempre!

“É o tempo que dedicas à tua rosa que a faz tão importante”


11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo